Opinião > CRM

4 passos para ter um CRM mais estratégico

Além de disparar notificações, newsletters e e-mails, ferramenta pode ser uma importante aliada de seus negócios

24 de Maio de 2018 - 10h13

Acompanhar e atrair clientes é uma das prioridades dos empresários atualmente, que lutam para estreitar o relacionamento com o seu público consumidor. Uma das maneiras de fazer com que esse grupo se fidelize cada vez mais é investir no constante aprimoramento da qualidade dos serviços e produtos ofertados. Outra é apostar no marketing, afinal é uma etapa essencial para comunicar novidades, lançamentos e mudanças em seu portfólio e atuação. Porém essa atividade se complica quando você tem uma base com milhares e milhares de pessoas.

É aí que entra o CRM (sigla em inglês para Gestão de Relacionamento com Cliente), sistema usado para monitorar clientes atuais e potenciais. Mas além de disparar notificações, newsletters e e-mails, essa ferramenta pode ser uma importante aliada de seus negócios. Para isso é preciso ficar atento a alguns passos que podem fazer com que o sistema seja protagonista de uma estratégia de sucesso. Confira:

1. Pense no público interno

Não adianta investir uma grande quantia em uma tecnologia de ponta se a equipe responsável não puder usufruir da solução em seu potencial máximo. A experiência do usuário é algo essencial para que exista eficiência e otimização de processos internos. O melhor CRM é aquele que atende as necessidades de sua equipe, que precisa ser treinada e para que todas as funcionalidades sejam devidamente aproveitadas.

2. Mantenha o banco de dados atualizado

Um CRM é tão valioso quanto os dados que possui, e esses, por sua vez demandam investimentos. É preciso reservar parte de seu orçamento para ter em mãos informações atualizadas e de qualidade, além de verificar que quaisquer dados duplicados e errados sejam removidos o quanto antes. Sempre tenha em mente que esse sistema pode ser utilizado como um guia para uma tomada de decisões baseadas em informações reais e corretas.

3. Integração sempre!

Existem vários caminhos a serem seguidos, desde sincronizar calendários e cronogramas para acompanhar todos os pontos de interação com o cliente, até integrar o sistema ao ERP de sua empresa. Dessa forma, a solução trabalha de forma alinhada a outros programas de business intelligence o que automatiza processos e diminui a possibilidade de erros.

4. Sempre existe espaço para aprimoramentos

Uma tecnologia realmente estratégia tem grande impacto na rotina de sua equipe. Ouça o que essas pessoas têm a dizer sobre a solução, avalie com critério se a performance da ferramenta atende às necessidades do equipe e traz resultados valiosos aos negócios. Uma mudança possível, por exemplo, é ter um CRM baseado na nuvem, algo benéfico para as equipes que ficam muito tempo fora do escritório, promovendo a produtividade desses indivíduos.

*Rafael Albuquerque é CEO da Unitfour